in

Vereador manda áudio para adolescente de 17 anos pedindo que ela não o denuncie por assédio: ‘Tenho família’

PUBLICIDADE

O vereador, Fluvio Cuba de Amaral, filiado ao PSDB, foi denunciado por uma adolescente de apenas 17 anos, sendo acusado de abuso sexual. O caso aconteceu na região de Cerquilho, São Paulo.

Após o acontecimento, o vereador pediu para que a jovem não envolvesse a polícia civil no caso, afirmando que tinha família e filhos.

De acordo com a vítima, o político chegou a oferecer 500 reais para ela em troca de relações sexuais.

No áudio, é dito a seguinte fala;

PUBLICIDADE

“Viu, pelo amor de Deus, não faz nada contra mim perante a delegacia, nada, boletim de ocorrência.”

A jovem não se sentiu intimidada e procurou às autoridades um dia após o assédio.

PUBLICIDADE

O caso

A adolescente trabalhava em uma farmácia que é pertencente ao vereador. Ela contou que já tinha passado por situações de constrangimento com o político, mas nada comparado ao que aconteceu no dia 31 de março.

A jovem conta que após a negação do pedido de relações em troca de dinheiro, chegou a entrar na cozinha para beber água e foi segurada por trás pelo vereador. Ele tentou a beijar, afirmando que apenas estava sendo carinhosa com a adolescente. De todas as maneiras, ela tentou se desenvincilhar e recusou as investidas.

PUBLICIDADE

A defesa do parlamentar está negando todas as acusações e afirma que irá denunciar a jovem por calúnia e difamação.

O caso continuará a ser investigado.

Via: g1.globo.com

Escrito por Juliana Gomes

Colunista de notícias dedicada a escrever sobre os mais diversos assuntos. Sempre fui apaixonada pela arte da escrita e pela literatura.